Como a Acupuntura pode auxiliar no tratamento contra a depressão?

Como a Acupuntura pode auxiliar no tratamento contra a depressão?

Estudo recente divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) indicou que os casos de depressão aumentaram quase 20% na última década. Em todo o planeta, quase 322 milhões de pessoas sofrem com essa doença.

Diferentes sintomas podem caracterizar a depressão: tristeza permanente, perda de interesse pelas atividades diárias, transtornos de sono e apetite, além da falta de autoestima e sentimento de culpa.

De acordo com pesquisa realizada na Universidade de Edimburgo, na Escócia, existem cerca de 80 genes que têm relação com o desenvolvimento de um quadro de depressão. Esses genes são responsáveis pelo funcionamento das sinapses, as zonas onde ocorrem as conexões entre neurônios que propagam o impulso nervoso.

Para a Medicina Tradicional Chinesa, a depressão está associada com a deficiência de Qi, a substância essencial do corpo humano, que mantém a atividade vital de todos os órgãos e tecidos, consequentemente a atividade vital de todo o organismo.

Os especialistas no estudo da medicina oriental afirmam que, quando não há energia suficiente para o fluxo de sentimentos positivos, aumentam as chances do desenvolvimento de um quadro de depressão. Ou então, há uma estagnação no organismo: a energia até existe, mas seu fluxo está bloqueado por algum motivo.

Com um tratamento realizado a partir dos procedimentos da Medicina Tradicional Chinesa, como a aplicação da Acupuntura para possibilitar a circulação da energia no organismo, é possível restabelecer o equilíbrio e auxiliar o tratamento contra a depressão.

Interessado em mais informações sobre a Medicina Tradicional Chinesa e seus benefícios para o equilíbrio e o bem estar? Conheça nossos tratamentos e entre em contato conosco pelo e-mail contato@yangtaoinstituto.com.br ou pelo telefone (11) 98569-3931. 

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *